terça-feira, 28 de janeiro de 2014

Curso de Férias (pra vida toda!!!)

A minha primeira dica do ano é:
Entrem no site da Fundação Joaquim Nabuco - Fundaj - regularmente. 
Sim. Das últimas vezes que fiz isso só tive acesso a boas informações: Fiz um curso de mediação cultural (consegui até um emprego no Museu do Estado! Temporário é verdade, mas que valeu uma vida!). E agora, estou fazendo um Curso de Compósito LMais e Gravura/Monotipia. 
Como assim?!
Traduzindo em miúdos, é um curso sobre uma técnica (e um estudo, a profª e artista plástica Suzana Azevedo faz questão de deixar isso bem claro) de como transformar "lixo" em papel, de como transformar o material descartável em matéria prima para se fazer novos artefatos.

O curso começou em dezembro e vai até fevereiro. São encontros semanais, todas as quartas, no  Museu do Homem do Nordeste

Ainda estamos aprendendo a manipular a massa, que basicamente  é feita com papelão (ou embalagem de cimento) picado, água, cola e ácido bórico (que pode ser substituído tranquilamente por detergente líquido). Não existe uma receita exata, tudo depende de como você experimenta no processo de produção da massa e de qual o seu objetivo no final. 

Por que o nome "LMais"?! Fácil: LIXO MAIS!

Mesmo nessa fase de produção da massa, já temos vivenciado a parte de impressão. Por antecipação (ou não), Suzana tem nos iniciado nessa parte para nos mostrar as inúmeras possibilidades de resultados com o uso do papel LMais. Da nossa parte o encantamento é generalizado!!! E se a aula é uma vez por semana, o que permite conciliar o curso com as nossas outras atividades (e isso é bom), por outro lado, dá uma tristeza também por passar "tanto tempo" entre um encontro e outro.

Olha aqui a nossa produção, ou melhor, os nossos experimentos. Não. Nosso aprendizado...


Aqui estava tudo "errado" ou inapropriado: A tinta tipográfica, o rolo com espuma... Mas era um experimento.
Mas olha aqui o resultado do "erro" lá de cima. 
 

Se não me engano, a ilustração é da colega Vanesa.





Olha essa textura!!!! De uma delicadeza fora do comum. Semelhante a uma renda.


Daí eu pego a nossa "renda" e vou experimentar efeitos de fotografia e significados... 

O estudo da nossa Mestra Suzana Azevedo está documentado nesse livro. 


"Elogio à mão" por Henri Focillon (Nossa bibliografia de estudo nos apoiando para a aplicação da técnica)

"O animal que não possui mãos, mesmo nos seus mais altos graus de evolução, não cria senão atividades monótonas... "





A exposição dos nossos trabalhos. Não. Uma amostra do que ainda estar por vir.

Bem, até amanhã então. (Lá no Museu!!!)


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...