quinta-feira, 28 de fevereiro de 2013

"Inspirações de Quinta" direto do Oscar 2013...

      A inspiração dessa quinta vem direto do Oscar 2013 para nosso Guarda Roupa Dourado, Anne Hathaway e Jennifer Laurence apareceram no tapete vermelho com os colares em evidência nas costas, isso mesmo gente (o que ficou puro charme), desde então é só o que se fala nos blogs da vida, pensando nisso e amando acessórios como eu amo, sair pesquisando inspirações para vocês queridas leitoras que quiserem se render a essa "NOVA" tendência.
Eles dão um toque especial e diferenciado a sensualidade feminina e fica lindo com cabelos curtos ou presos, o truque é usar com decote profundo, fica um show.



 Essa "trend" não é tão nova assim, Princesa Diana já usava esses colares há 15 anos atrás.






 A Chanel também já tinha usado essa "trend" na propaganda de seu perfume.


E então gostaram dessa tendência? Será que vai pegar?

Eu gostei, achei sexy e vocês?
bjs e até o próximo post...


quarta-feira, 27 de fevereiro de 2013

Essa dupla não é sertaneja, mas é a queridinha do momento.


        A dupla preto e branco está dando o que falar, podendo ser vista nos Looks das principais fashionistas de plantão. O Guarda Roupa Dourado foi atrás dessa moda que esta conquistando o coração das It-gilrs, escolhendo os looks mais criativos e inspiradores para você que quer aderir e abalar por aí.
           As listras em PxB estão com tudo e você encontra calças, blusas, blazers, vestidos e shortinhos com elas, as estampas também estão super em gosto e você pode fazer uma mistura de estampas vai ficar um look moderno e divertido.










Eu não poderia falar dessa dupla sem lembrar dos 101 Dalmatas. Será que essa inspiração vem do filme?


E então o que acharam dos Looks? bjs e até o próximo post com muitas novidades...


terça-feira, 26 de fevereiro de 2013

Moda de Novela- Looks de Antonia " Letícia Spiller"



         O figurino de Antonia é reflexo de seus tempos de modelo, com produções discretas, porém muito elegantes. Os vestidos longos são a peça-chave do seu guarda-roupa. Com estampas geométricas ou abstradas, abusam das combinações em preto e branco. De corte reto, são acinturados através de faixas e cintos e recebem, ainda, detalhes discretos de modelagem, como fendas laterais.




 

           Outra peça bastante explorada são as saias longas, também em preto e branco e com padronagens que variam de abstratas a florais miúdos. Para completar as produções, regatas de modelagem confortável. Destaque para a peça branca que recebe transparência discreta e viés em preto.
 



       Peças lisas também fazem parte das produções da empresária, geralmente em tons escuros como preto e azul-marinho. A escolha mais uma vez são pelos vestidos longos, que valorizam a silhueta esguia da atriz e demonstram sensualidade na medida certa. Detalhes na modelagem são importantes e aparecem na forma de recortes em outra cor ou decotes diferenciados.
   

      Para as calças, a pantalona é o modelo escolhido. A cintura é alta, marcada por cintos largos e o corte de alfaiataria é transposto a modelagens bem amplas, combinando perfeitamente com as blusas estampadas ou mesmo sugerindo produções mais sóbrias, como no look bicolor com o blazer.


  

       Os acessórios de Antonia são discretos e ajudam a compor seu estilo refinado. O cinto de couro largo aparece em várias produções, nas cores preto, azul e vermelho e os óculos de sol com lentes dégradé são da marca Tom Ford e vêm fazendo muito sucesso entre as espectadoras.
  

       As joias também são usadas de forma comedida, destacando sempre uma parte do corpo de cada vez. Em prata ou dourado, brincos, anéis e braceletes exploram as formas diferenciadas, podendo também ter aplicação de pedras ou recortes vazados.
  

E vocês o que acham das produções de Antonia?  



sábado, 23 de fevereiro de 2013

A vitória nossa de cada dia...

... Mas olhe para todos ao seu redor e veja o que temos feito de nós e a isso considerado vitória nossa de cada dia. Não temos amado acima de todas as coisas. Não temos aceito o que não se entende porque não queremos passar por tolos. Temos amontoados coisas e seguranças por não nos termos um ao outro. Não temos nenhuma alegria que já não tenha sido catalogada. Temos construído catedrais, e ficado do lado de fora pois as catedrais que nós mesmos construímos , tememos que sejam armadilhas. Não nos temos entregue a nós mesmos, pois isso seria o começo de uma vida larga e nós a tememos. Temos evitado cair de joelhos diante do primeiro de nós que por amor diga: Tens medo. Temos organizado associações e clubes sorridentes onde se serve com ou sem soda. Temos procurado nos salvar mas sem usar a palavra salvação para não nos envergonhamos de se inocentes. Não temos usado a palavra amor para não termos de reconhecer sua contextura de ódio, de amor, de ciúme e de tantos outros contraditórios. Temos mantido em segredo a nossa morte para tornar nossa vida possível. Muitos de nós fazem arte por não saber como é a outra coisa. Temos disfarçado com falso amor a nossa indiferença, sabendo que nossa indiferença é angústia disfarçada. Temos disfarçado com o pequeno medo o grande medo maior e por isso nunca falamos no que realmente importa. Falar no que realmente importa é considerado uma gafe. Não temos adorado por termos a sensata mesquinhez de nos lembrarmos a tempo dos falsos deuses. Não temos sido puro e ingênuos pra não rirmos de nós mesmos e para que no fim do dia possamos dizer "pelo menos não fui tolo" e assim não ficarmos perplexos antes de apagar a luz. Temos sorrido em público do que não sorriríamos quando ficássemos sozinhos. Temos chamado de fraqueza a nossa candura. Temo-nos temido um ao outro acima de tudo. E a tudo isso consideramos a vitória nossa de cada dia...  
(Clarice Lispector em Uma aprendizagem ou o livro dos prazeres.)


Revendo uns escritos meus antigos, encontrei esse texto. E de certa forma me identifiquei com alguns trechos - claro, eu o copiei há anos atrás! (Rs.) Mas falo de uma identificação atual, imediata, para os meus - nossos - dias de hoje. 

Compartilho com Brisa, com vocês.
Até mais!

quinta-feira, 21 de fevereiro de 2013

Quem cuida da beleza, cuida da saúde.

"Cabeleireiros contra Aids".
Esse é nome da campanha educativa e preventiva lançada pela L'oreal e a UNESCO com a intenção de "incentivar e apoiar comportamentos que evitem o risco de contágio, diminuindo o impacto do HIV no mundo" (Segundo eles mesmos, em sua home page).

E por que envolver cabeleireiros numa ação como essa? Porque são profissionais que estão sempre ali, prontos para cuidar da nossa aparência, ao mesmo tempo em que nos ouvem e nos falam. Seriam "formadores de opinião", de acordo com a descrição da campanha. 

O que nos chamou atenção para falar desse assunto aqui no GRD? Além da iniciativa louvável de educação e prevenção contra a AIDS, as imagens da campanha são de tirar o fôlego! Produções exuberantes, cabelos sensacionais e fotos perfeitas! Através da beleza do trabalho, chama-se atenção para a seriedade do assunto. 

A campanha alerta que o vírus da AIDS é transmitido de 3 formas diferentes: 

-SEXO (vaginal, oral e anal) sem camisinha. Isso quando uma das pessoas já está com o vírus.
-Contanto com o sangue contaminado (via seringas, agulhas, alicates de unha - observem nos salões de beleza como é feita a esterilização desse objeto).
-De mãe para filho durante a gravidez, no parto ou na amamentação. Se a mãe for portadora do vírus.

EXCETO ESSES CASOS ACIMA, NÃO SE PEGA AIDS. COMPREENDERAM? 
Insetos, abraços, convívio de forma geral - em mesmo ambiente - com pessoas portadoras do HIV não transmite o vírus.

POR ISSO, como bem diz a campanha, "É preciso falar da AIDS para sair da ignorância e,  um dia, não precisarmos mais falar da doença. Diga não ao preconceito".

E quando esse dia chegar, que ainda existam trabalhos tão sensacionais quanto esse...

Bárbara Paes (Simplesmente outra mulher!)

Juliana Alves (A beleza negra mais que evidenciada... )
Ney Matogrosso (A cara dele!)

Fernanda Vasconcelos (Diva.)

Letícia Spiller (E eu queria meu cabelo assim.)

Larissa Maciel (O mundo dela não caiu... )

Lavina Vlasak (Androginia)

Nathalia Rodriques (Irreconhecível e desejável... Muito desejável!)

Reynaldo Gianecchini (Porque de cabelo liso ou cacheado ele é um charme!)

Fonte: Jornal Jardins

E aí, gostaram? Querem saber mais? é só clicar aqui!
Até mais!






Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...