domingo, 23 de dezembro de 2012

Maturidade: Talento por natureza!

Vamos falar hoje sobre "Talentos da Maturidade".

Talvez vocês já tenham ouvido falar nessa expressão. Desde 1999 existe um concurso chamado assim. Na verdade, chamava-se "Concurso Banco Real Talentos da Maturidade". Mas em 2008, quando o Banco Santander assumiu o controle do Banco Real,  o concurso passou chamar-se simplesmente "Talentos da Maturidade".
Esse concurso surgiu em 1999 porque aquele foi o Ano Internacional do Idoso. A intenção era (e ainda é) desenvolver o potencial artístico e criativo, e incentivar a inclusão social das pessoas a partir dos 60 anos de Idade.
Pois bem, posso dizer que sou uma felizarda! Tive o prazer de conhecer um talento da maturidade pessoalmente. Aliás, posso dizer que convivo com esse talento. Chama-se Cicera dos Santos Lima, ou D. Zizi e é a minha vizinha. 
Hoje, ela está dentro do Guarda Roupa Dourado...




Particularmente, falar sobre idosos é um prazer! Principalmente quando a questão é quebrar alguns paradigmas sociais. 
A "Velhice" está para a "idade" assim como o "preto" está para o "inverno". Ou seja,  a obrigatoriedade dessas relações não existe mais. Está aí Oscar Niemeyer que não nos deixa mentir: Morreu com 104 anos de idade ainda exercendo brilhantemente a seu ofício: A arquitetura. E, de acordo com Simone Beauvoir, no livro "A velhice", a sociedade só se preocupa com o indivíduo, à medida que este rende economicamente falando. Daí dentre inúmeros exemplos, o Concurso Talentos da Maturidade vem nos mostrar que pessoas acima dos 60 anos de idade são talentosas  e ativas sim! (E porque não seriam?!). As limitações impostas pela idade são tão fortes quanto as impostas pelo estilo de vida agitado dos mais jovens, pelas oportunidades que nos faltam em algumas situações, dentre outros fatores limitantes que podem atingir qualquer um, independente da idade, do gênero e da classe social. 

O Concurso é dividido em 5 categorias: Artes plásticas, literatura, música vocal, fotografia e a de programas que promovam a qualidade de vida e integração do próprio idoso na sociedade. D. Zizi, nossa talentosa da vez, participou (e ganhou) nos anos de 2003 e 2005, na categoria de Artes Plásticas. Olhando as fotos vocês vão conferir o seu talento:




Ela trabalha com pinturas em vidro e arranjos decorativos exclusivos. A "estrela da sua pintura" (expressão dela) é o risco chinês (foto acima). É uma técnica inventada por ela mesma e que dificilmente não encanta as pessoas - a pintura é feita na parte interna do vaso, deixando a superfície externa lisa e com um efeito visual deslumbrante!




Para que não reste dúvidas que ela é um Talento da Maturidade certificado, ela fez questão de mostrar: 



Para me despedir de vocês, uso uma parte de um texto cujo título é "Ainda tem tempo?" extraído do  blog dos talentos da maturidade:
"Qual é a medida do tempo? O que é considerado velho? Quem é jovem? O que é velho é ruim e o que é novo é bom? Um cachorrinho de 10 anos é velho, enquanto que uma criança de 10 de anos é nova. Um uísque de 12 anos é bom, já um pão estraga depois de 12 dias de assado."

Pensem nisso! Caso queiram comprar, encomendar, ou mesmo conhecer a talentosa D. Zizi, entrem em contato conosco ou diretamente com ela, pelo fone 81-9716 1470.

Até a próxima!


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...