quarta-feira, 26 de dezembro de 2012

"Bigodes me mordam"

Antes que acabe o ano eu tenho que falar!
É um fenômeno! É moda! É moda massificada, acessível e consumível por todo   mundo! 
Sem dúvida estudiosos, estilistas, designers, consultores e produtores de moda - pessoas ligadas à essa área - já devam saber o significado (assim se espera) do famoso "bigode" que tem sido estampado nos mais diversos produtos - da regata básica à xícara do café, só pra citar. 

Moda "Le Moustache"
O interessante dessa história - pelo menos pra mim - é como a Moda "entra sem pedir licença" na vida das pessoas. Elas nem se dão conta disso. Quer um exemplo? 
O que leva uma pessoa nascida e crescida no interior, que não concluiu o ensino fundamental, e que trabalha como auxiliar de serviços gerais a comprar e, claro, usar um brinco em formato de bigode? Resposta simplista: A Moda. Longe - muito longe mesmo - de querer menosprezar ninguém por sua classe social, sua terra natal ou o seu grau de escolaridade. Mas que opções um indivíduo nessas condições, seja ele quem for, tem de consumo se não for o que a Moda lhe "impõe"? Será que navega na internet em busca de novidades no vestuário?! Em busca de algo que verdadeiramente se identifique. Evidente nem tudo que está em voga, todas as pessoas usam. Por outro lado, é até um fator limitante. Ou seja, se você for às lojas (principalmente as mais populares) provavelmente só vai encontrar o "bigode", o "paetê", etc. Lembram das pulseiras de Jade?! (clica qui para refrescar a memória, ou nem precisa?). O fato é que (mais uma vez explicando de forma simplista) as pessoas consomem porque não há mais opções, sempre é o mais do mesmo; as referências - no caso o bigode - se disseminam e atingem todos os mercados e todos os preços: Comprar um brinco da moda por R$ 1,00?! Coisa de louco! Quem não quer?! Por fim, não precisa nem saber de onde vem, se tiver um "strass" pra "glamourizar" que mal tem usar um bigode na orelha?!

Bem, chegamos ao ponto principal! O uso do bigode é irreverente sim, e também é por uma causa nobre (pelo menos foi na sua origem). Um grupo de australianos, em 2003, decidiram cultivar bigodes em campanha de conscientização sobre o câncer de próstata e a depressão masculina proveniente disso. O slogan é "To Change the Face of Men's Health", traduzindo: Mudar a faze da saúde dos homens. Começou em Novembro (mês mundial da saúde masculina), em inglês, November. Quando combinado com o nome "bigode" em inglês, Moustache, tem-se o nome da campanha mundial: Movember. Daí a razão do mês de novembro ser o mais intenso no uso dos bigodes (seja no rosto da "macharada" ou no visual de todo mundo).

 Traduzindo: "Movember mudando a face da saúde dos homens."

Traduzindo: "Para ajudar a aumentar a conscientização para o câncer de próstata eu ficaria feliz em passar por um mês com beijos que provoquem coceira."



No final das contas a causa é mesmo muito nobre. E mesmo que você não saiba o significado (como é o caso do nosso exemplo lá de cima) já está "vestindo" a camisa da campanha. 
Resta uma dúvida: Se você não sabe o significado original, será que as pessoas que te rodeiam vão saber?! O significado não seria culturalmente construído? A Semiótica explica...

Até mais!




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...